Pesquisa no Blog

sexta-feira, 27 de maio de 2016

terça-feira, 24 de maio de 2016

OUTRAS 20 COISAS QUE NÃO TE CONTARAM SOBRE A PATERNIDADE

Em 2013, pela ocasião do nascimento do meu sobrinho e afilhado Henrique, escrevi e dediquei ao meu irmão um texto que intitulei de "20 coisas que não te contaram sobre ser pai". Hoje, em homenagem ao meu grande amigo-irmão André A. Souza, que será pai em alguns meses pela primeira vez, dedico este texto que leva o título de "Outras 20 coisas que não te contaram sobre a paternidade". Te amo amigo!

OUTRAS 20 COISAS QUE NÃO TE CONTARAM SOBRE A PATERNIDADE

Por Julio César Gonçalves

  1. Viver a experiência de participar da "criação" é algo que não tem como explicar... Essa ideia vai passar pela sua cabeça em algum momento da sua vida a partir de agora e a sensação é inexplicável.
  2. Pode ser que você descubra uma outra pessoa em você mesmo: mais sensível, mais atento, mais carinhoso, com outras prioridades.
  3. Seu sono vai mudar. Qualquer barulhinho te deixará em estado de alerta (agora alguém depende de você).
  4. O tempo, para realmente entender o que está acontecendo, parece ser muito diferente em relação ao tempo das mamães (talvez porque elas sentem fisicamente as mudanças). Não se torture... a paternidade chega mais tarde do que a maternidade.
  5. Com certeza você teve mais sorte do que todos os outros papais... você terá 20 dias de licença paternidade segundo nova legislação (cf. Projeto Empresa Cidadã).
  6. É incrível como sua visão de mundo se transforma... A impressão que terá é que você enxergará grávidas, bebês e coisas de bebês, mais do que o normal.
  7. Você vai se pegar lendo revistas, pesquisando sites e blogs especializados em comportamentos, sobre como agir. Informações são sempre bem-vindas, mas não pire a cabeça... não há receitas prontas.
  8. A natureza é perfeita! Nas semanas finais da gestação, poderão surgir os chamados "alarmes falsos" - pequenas e leves contrações, para preparar você e sua esposa para a corrida até o hospital.
  9. Talvez perceba momentos de mudanças no seu humor após o nascimento do baby, que podem estar relacionadas a diversos fatores, como a falta de privacidade, noites mal-dormidas nas primeiras semanas, o estresse gerado pelas novas mudanças... 
  10. Sabe aquele medo de não dar conta de arcar com os gastos de uma criança, com a qualidade que você e sua esposa sonhou? Bem... esse medo parece que está incluso no pacote da paternidade... ele não vai embora. 
  11. Planejar o futuro, planejar o futuro, planejar o futuro... (palavras de ordem).
  12. Fique em paz. Nossos filhos são o melhor de nós. 
  13. Um turbilhão de emoções e sentimentos novos podem surgir durante a gravidez e nos primeiros anos após o nascimento do bebê. Pode ser que o ciúmes da relação entre o bebê e a mãe apareça. Muitos pais sentem que sua parceira não confia nele para cuidar do bebê. Essa confiança vai surgir conforme você se inteirar das atividades da rotina do bebê (como trocar fraudas, esquentar mamadeiras, preparar o ambiente para as mamadas). Participar desse processo ainda é a melhor forma de se incluir e se sentir incluído na relação.
  14. Pode ser que passe pela sua cabeça algumas dúvidas: "Será que um dia vou conseguir amar este pequeno ser tanto quanto a mãe o ama?".  O dialogo entre o casal é fundamental para evitar que pequenas crises isoladas se transformem em grandes crises no casamento e minar a relação. Leia mais em chegada do primeiro filho é prova de fogo para casamento.
  15. Tudo é educação... você vai perceber que terá que ensinar TUDO, desde amamentar, mastigar, fazer xixi no lugar certo, falar, expressar sentimentos e sensações, ler e escrever, respeitar, lidar com as frustrações... não se preocupe. Elas vêm em doses suportáveis (à tempo de aprender também).
  16. Sabe aqueles vegetais que você não gosta ou não faz questão de comer? Farão parte da sua dieta de agora em diante. Em contrapartida, vai abrir mão das besteiras (o bom é que você vai se reeducar-se para uma alimentação melhor).
  17. Você vai sentir, alguma vez, vontade de estar no lugar da criança, quando as fases das doenças chegarem. Essa já é uma prova definitiva de que você ama.
  18. Seu coração vai partir ao meio (talvez até chore) depois de corrigir, proibir, ou ser enérgico com seu filhote...
  19. Ser acordado domingo de manhãzinha a galopes é muito bom (verdade!). Criança não conhece calendário, nem horas...
  20. Talvez nada disso aconteça de fato. Talvez, apenas alguns itens desta lista... o fato é que vocês três descobrirão, da melhor maneira possível, um jeito de lidar com todas as situações. Ah... o melhor de tudo é que, ainda assim, pode continuar contando com a ajuda e o carinho dos amigos que torcem por vocês.


DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG