OBJETIVO DO BLOG

Nosso objetivo é trazer temas, reportagens, leis e fatos do cotidiano que fazem parte do agir humano em sociedade, bem como a partir daí tentar entender um pouco mais sobre as formas de pensamento de diversas culturas, nações...
É um blog multidisciplinar, que também tem um enfoque voltado para a educação e que pode proporcionar o convite à discussão no campo de diversas ciências. Entrem, participem!


quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

DEUS É MESMO BRASILEIRO???



Ultimamente os meios de comunicação de massa, sobretudo a televisão, têm dado grande ênfase aos desastres causados pela “fúria da natureza” em diversas cidades do Brasil. Engraçado, há pouco tempo tínhamos a impressão de que problemas como terremotos, furacões, tempestades estavam bem distantes de nosso país. Falávamos: “Deus é brasileiro”... O que aconteceu? Deus resolveu escolher outro lugar para morar? Acho que não é bem assim...
A discussão que quero fazer com vocês é outra. Na verdade trata-se mais de uma provocação aos nossos conceitos “bem-formados” e acomodados. É também uma crítica ao modo como temos assumido uma visão passiva ao receber informações dos meios de comunicação quando o assunto é desastre da natureza.O meio ambiente é, sem dúvida, um dos assuntos mencionados com grande expressividade nos últimos anos, pelos meios de comunicação, sobretudo no que diz respeito aos problemas de ordem natural ou antrópico – como o superaquecimento global, os furacões e tornados, as chuvas e os alagamentos, os desmatamentos, a desertificação de regiões inteiras, a perda da biodiversidade, a depleção da camada de ozônio, o efeito estufa, a crise da água potável, a cultura consumista, a produção de enormes quantidades de lixo, biopirataria, falta de planejamento urbano, descaso político e tantos outros complicadores.
Da mesma forma, não são raras as vezes em que ao ser noticiadas tais catástrofes, evidencia como grande vilã a fúria da natureza. Mas e o homem? Qual o seu papel diante do cenário ambiental atual? Seria muita ingenuidade acreditar nessa premissa, uma vez que o homem faz parte da natureza, é natureza e com ela interage.
É necessário, antes de tudo, entender o papel da humanidade diante do seu meio, isto é, entender como se dão as relações humanas (de ordem econômica, política, cultural, normativa e outras) com o meio ambiente em que vive.
Dentre todos os problemas que foram referidos acima, nenhum é tão preocupante quanto a falta de envolvimento da população e dos líderes políticos com vistas a erradicá-los. Será que a natureza tem que levar a culpa pelas inúmeras casas submersas ou arrastadas pela lama, pelas águas das enchentes? Será que a natureza é culpada pelas encostas e barrancos deslizarem arrastando tudo o que encontra pela frente? Ora, até quando vamos ficar pondo a culpa na natureza e deixando de chamar a responsabilidade para nós?
Onde estão os prefeitos e planejadores da cidade que não percebem por onde a cidade está crescendo? Onde foi que se formaram os engenheiros e arquitetos que não sabem o óbvio - que construir em fundo de vale e encosta, além de proibido é risco de vida? Cadê nosso compromisso enquanto cidadão que participa das decisões importantes do nosso município e cobra os seus governantes?
Devemos pensar: a quem beneficia ficar apenas lamentando o número de mortos e de casas arrasadas e colocando a natureza como a madrasta má dessas trágicas histórias? Qué é lamentável as mortes e a perda dos bens materiais conquistados, muitas vezes com grandes esforço, isso é fato. O que estou dizendo é que a culpa não é da natureza; ela é natural. O máximo que pode acontecer é ela devolver as agressões que recebe dos seres "racionais" que povoam o planeta!

25 comentários:

VANESSA MARINS disse...

Realmente nao é culpa da natureza que age com naturalidade a agressão dos seres humanos ainda hipócritas, destruindo o que de bom nos traz a própria natureza e tirando do seu habitat natural os animais, matando aos poucos nosso planeta. A natureza só reflete os maus tratos.

Rafael disse...

Rafael nogueira martins 1°A comunicação social publicidade


Acredite que não é culpa da natureza que apenas reage as agressões que leva, mas por outro lado temos que ver que nem todos os seres humanos são culpados por isso pela natureza arrancar tudo que ve pela frente os engenheiros e aruqitetos por exemplo eles não estão nos morros pra fazer as contruções, mas mesmo assim é não podemos tirar a resposabilidade de nossos governates esses sim, tem culpa no cartório que não tomam providencia sobre isso, mas na questão dos alagamentos e tudo mais assim TODOS TEMOS CULPA que não respeita nada nem nimguem, e a natureza não tem omo se defender a unica maneira que ela tem é respondendo dessa forma.

Sidney Sanches - ra. 01011637 - uniesp prudente disse...

Sem dúvida alguma aculpa pelos desastres que vem acontecendo nos ultimos anos é do ser humano, que além do consumir desenfreadamente os recursos naturais da terra,não se procupa em preserva-la limpa, enchendo os rios de matérias puluentes, desmatando a vegetação cada vez mais escassa, "defumando" a camada de ozônio e cada vez mais contribuindo para o aquecimento global. Com tudo isso alguém ainda tem o direito de culpar a Natureza????

Elias Rocha disse...

Por: Elias Gonçalves da Rocha. Estudante de Comunicação Social – Jornalismo na Uniesp de Presidente Prudente. RA: 08141038.


Os meios de comunicação influenciam diretamente as pessoas poluírem o meio em que vivem no momento em que atribuem as causas desastrosas somente ao meio ambiente. O ser humano se acomoda. Especialmente a sociedade brasileira já se acostumou a defender a tese de que “O Brasil é um país abençoado por DEUS” e não a com o que se preocupar.
A mídia e acultura brasileira se unem totalmente, formando a idéia central de um pais não vulnerável as mudanças ambientais, só pela mera coincidência referente ao sagrado país brasileiro que não sofreu tantas mudanças, quanto aos demais, permanecendo o mito de um pais defendido em qualquer circunstancia pelas mãos divinas. Entretanto, mesmo que passamos a defender essa tese de mitológica com base em princípios religiosos, ainda não faria sentido algum. Eis a palavra que surtira a partir de agora grande efeito. Se o próprio DEUS disse, “Esforça-te que eu te ajudarei”, desta fala vem o questionamento. O Brasil, realmente esta se esforçando? As atitudes dos brasileiros estão corretas diante do que estão fazendo com a natureza? Ora, é obvio que não. Um exemplo de grande descaso com a natureza é o EUA que é considerado um dos maiores poluidores do mundo. Este enunciado pode mostrar claramente porque os raios solares são mais intensos naquela região.
Creio que apesar de todos os desastres ocorridos recentemente em São Paulo e no Rio de Janeiro em Angra dos Reis, ainda não servirá de exemplo para uma cabível mudança. Os problemas ambientais jamais serão evitados e talvez nem de forma minimizadora no Brasil, se não houver alterações na forma jurídica por parte dos políticos e cidadãos que cumpram seu dever, pondo em prática a ética, para com as futuras gerações. A sociedade brasileira esta “adormecida” e não quer ver a realidade estendida á sua frente. Fazem de conta que estão preocupados, ação do subconsciente, todavia, jogam lixo nas ruas, bitucas de cigarros em rodovias, economizam recursos tendo como conseqüência a falta de planejamento urbano. Tudo isso deve ser uma falha perdoável por parte da natureza! E a natureza como fica? E o reconhecimento pelos benefícios proporcionados pela natureza ao homem? Onde fica? Pode até ser apenas um simples conceito de verdade essa linha de pensamento, mas se você não concorda é mais um egoísta que não vê e nem se preocupa com o porvir das futuras gerações.
Desta forma os meios de comunicação deveriam ter uma postura mais critica diante desses acontecimentos, mas ao invés disso, a própria mídia alimenta padrões da industria cultural, a fim de sanar as necessidades da demanda, com isso, os mesmos mostram a natureza feroz não “dando braço a torcer” que a principal causa é o consumismo e em termos mais genéricos a culpa total é do homem. Tudo chega ao fim, entretanto, é possível aproveitar o tempo em vida, numa escolha, desde que todos se conscientizem, valorizando o bem mais precioso que representa o continuo ciclo da vida. A natureza é um espelho refletor do homem, se as ações dele são maldosas a resposta da mãe natureza é simplesmente bem imperativa e interativa. O certo é que cada um deve começar a se responsabilizar o quanto antes, já que talvez ainda possamos ter um tempo, basta apenas querer mudar.

Anônimo disse...

Elton Jacinto
1ª Termo A de Comunicação Social - UNIESP.

Oque vem aconteçendo com o nosso planeta são os desastres que refletem ao que o homem tem feito com a natureza, talvez quando o homem se der conta de que deve-se cuidar do planeta vai ser tarde demais, eles nao estão nem ai quando ao disperdicio de agua, poluição dos rios, desmatamento, poluição do ar e etc. e tudo isso vem acarretando vários problemas para nós, causando esses desastres terriveis.
deus existe, mais nós nao estamos acreditando no que nos é obvio, que se continuarmos a desruir nosso planeta, chegará o fim logo.

Anônimo disse...

É uma grande falta de compromisso dos líderes políticos mundiais, pois o problema não está somente no Brasil, e sim o mundo inteiro. A população, massa, não questiona e nem quer participar das decisões, estão mais preocupadas em receber a sua ração diária de entretenimento pelos meios midiáticos de massa.
Enquanto a massa continuar cega as coisas nao mudarão, pois a massa é grande e manobrada, quando isso parar de acontecer a humanidade caminhará a passos largos rumo ao desenvolvimento econômico justo para todos, distribuindo melhor a renda e preservando a natureza, pois o próprio ser humano faz parte dessa natureza, ele é animal e por enquanto está agindo como tal. O Homem se julga como o "ser pensante", mas não pensa, acha que pode controlar a natureza, mas no final, é a natureza que controla o Homem, ninguém pode se esquecer que temos instinto, e isso é o que nos torna animais.
Por isso, por a culpa na natureza é melhor e todos concordam.
Deus perdoa, os homens nem sempre perdoam, entretanto a natureza NUNCA perdoa. Tudo que fazemos contra ela, retorna a nós na mesma intensidade. Por isso ao construirmos em zonas impróprias mais cedo ou mais tarde a natureza pedirá o seu local novamente. Será que o ser humano um dia poderá voltar aos tempos onde ele não se sentia o dono e sim um membro. Se não me engano Platão disse que a Terra é viva e que todos os seres são células, inclusive o ser humano, mas o Homem é a única célula que trabalha contra Gaia, ou seja, nós somos o câncer do planeta, isso segundo a teoria de Gaia.
A grande solução é a massa começar a tirar as vendas dos olhos e questionar o porque de tudo, se cansar de ser manipulado, manobrado para um consumo desenfreado.

Carlos Henrique de M. O. Ferreira 5º termo de jornalismo UNIESP
RA 08140931

Dhiego Cohen disse...

HUMANOS, SEMPRE HUMANOS E INSENSATOS.

Fácil deparar-se com problemas como tais apresentados e responsabilizar “alguém ou algo”, ao invés de reflexão perceptível e obvia de se tornar parte de um problema social e não de responsabilidade da natureza.
Se Deus é Brasileiro! E os brasileiros o que tem feito para que seja brasileiro, diante dessa conotação popular que se criou?
Bem, um simples gesto de irresponsabilidade parece algo fútil e careta ao deparar-se com alguém atirando pela janela de um ônibus uma embalagem de um suco ao qual acabou de consumir.
PERAI! ... PAUSA A CENA UM INSATANTE POR FAVOR!

E a responsabilidade é da NATUREZA? Ou DEUS deixou de ser Brasileiro?...

Portanto, um simples gesto, contradiz tudo que a sociedade caracteriza e acusa, e então a redundância de achar um responsável, que está mais próximo do que se possa imaginar.

DHIEGO SILVA
1ºA PUB NOT - UNIESP

Jader Moraes disse...

Os meios de comunicação estão batendo muito na tecla da “fúria da natureza”, transmitindo os desastres que esta acontecendo no Brasil e no mundo, mais mostram de forma esquisita, pois, só sabem dizer que a culpa é da mãe natureza, que a culpa é de Deus, mas será mesmo isso?.... É um caso que não precisa parar para se pensar não, pois o obvio esta a nossa frente, a culpa é completamente dos seres humanos, que não querem enxergar o mau que esta fazendo a natureza, que esta fazendo a seu próximo, a suas futuras gerações e a si próprio.
Nos Brasileiros sempre acreditamos que o brasil estaria protegido de tudo, inclusive dos desastres “naturais” como furacões, terremotos, enchentes..., E diante deste acreditar, ficamos parados, acomodados, ou melhor, só acomodados, pois, parados não, ou seja, estamos agindo, mais agindo de forma errada, destruindo o nosso mundo, desmatando o habitat dos animais, o nosso próprio habitat e fechando os olhos para a realidade, para a natureza que por sinal grita por socorro, e nós o que estamos fazendo para mudar isto?, Nada, Simplesmente estamos fechando os olhos, tapando os ouvidos e abrindo a boca pra colocar a culpa em quem não merece.
Não adianta queremos cobrar algo da natureza, se nós mesmo não fazemos nada por ela. A mesma esta apenas devolvendo o mau, que a ela foi implantado.
Mas quem sabe ainda temos tempo de reverter ou pelos menos melhorar bem, a situação que estamos vivendo. De nada adiantará ficarmos parados lamentando-se pelo o que esta acontecendo, mas sim devemos agir por uma vida diferente. Cadê o nosso compromisso enquanto cidadão?
Chega! , Vamos parar de buscar algo para si próprio, por bem matérias, por consumos fúteis, nos vivemos em sociedade, então juntos vamos lutar pela nossa sobrevivência, pela vida de outras gerações, juntos podemos mudar o que esta acontecendo só basta entender que a culpa não é da natureza e nem de Deus, mas sim do homem.
Aqui vai uma diga:
Tire apenas 2 minutinhos do seu tempo para refletir em sua própria atitude.....
Agora que já pensou e viu que a culpa de tudo o que esta acontecendo também é SUA, corra atrás do que ainda temos, não vire as costas para a vida, mais lute para viver.

Gislaine de Sales Lima
5º Termo de Jornalismo
Uniesp de Presidente Prudente

WELl disse...

Sempre vão culpar alguém pelos desastres. Se fazem campanhas e mais campanhas para concientização da população sobre os riscos de pequenas atitudes, mas, para muitos o problema nunca é com eles, e a natureza perante isso só reflete o desgosto da população sobre os problemas que os próprios então criando. Isso acaba sendo como uma válvula de escape, pra nunca assumir a culpa pelos próprios erros.
Wesley Bezerra dos Santos
1ºTermo Comunicação Social/Jornalismo - Uniesp

Anônimo disse...

Deus pode até ser brasileiro...(vai saber...), mas será q o brasileiro (a população brasileira) tem noção que ele seja??? porque se tivesse, não cuidaria melhor de seu país? de seu povo? de seus valores? e principalmente, de sua natureza?? ( que por sinal essa é tão rica!)Realmente, os brasileiroS se esqueceram do que são e não cuidam daquilo que os pertence. Talvez tantos desastres poderiam ser impedidos se desde sempre tivessemos "zelo" pela nossa natureza... pela nossa pátria... pelo nosso país... VAMOS SABER PRIMEIRO QUEM SOMOS, E CUIDAR DO QUE TEMOS, PRA DEPOIS SABER O QUE O "TODO PODEROSO É" E DE ONDE ELE VEM.

Caroline Maria S. Ramos - 1º termo - Jornalismo - UNIESP

Diego Vinicius Rocha disse...

Bão não podemos culpar a natureza ou até mesmo Deus só não podemos esquecer que esses grandes desastres ambientais estão acontecendo por causa da influência do ser humano, pois é de praxe o ser humano pensar muito no mundo capitalista, esquecendo do ambiente ao seu redor.
Capitalista pois acabam usufrindo de meios que destroem e corrompe a natureza, através de construções irregulares,industris poluidoras do ar,desmatamento desenfreado, enfim , entre outros fatores que contribui para essa triste ralidade.
É de extrema importância citarmos que alguns políticos não está nem ai para o que esta acontecendo com o futuro, falta um pouco de competência, investimentos, melhorias e fiscalização.
Não basta sabermos, temos que agir.
Se fizermos a nossa parte e deixarmos aquele pensamento de lado " a nem irei fazer porque isso não irá contribuir com um mundo ou melhor, ou pra que fazer isso só eu que estou fazendo" , o mundo ou pelo menos aonde moramos será com certeza melhor.
Podemos começar pelo simples ato de jogarmos um papel de bala no seu determinado lugar, o lixoo. Que precismos ecomizar água com banhos rápidos, torneiras fechadas, um simples ato que se torna enorme,podendo asim salvar a humanidade de grandes catastrofes no futuro não tão distante. catastrofes.
Vamos fazer o nosso papel de animais racionais, refletirmos e agirmos em favo da natureza pois ela está a nosso favor e com ela podemos contar sempre.Ajudamos ela para ela nos ajudarmos.
Diego Vinicius Rocha aluno do 1º Termo de Comunicação Social- jornalismo da Uniesp, ano 2010

Nathália Souza disse...

Ao enfatizar que tão problema é apenas por parte da natureza os meios de comunicação se esquecem que tudo isso deriva daquilo que o homem vem fazendo a tempos.
Deus pode ser mesmo brasileiro, mais isso não nos faz uma população mais "privilegiada" que pode destruir tudo e não sentir nenhum efeito posterior.
a Natureza está reagindo a tudo que temos feito contra ela, nós mudamos a forma com que ela se desenvolvia a tanto tempo. Agora ela só está se 'acostumando' com a nova forma de viver.
Felizmente pode-se dizer que ainda há tempo de salvar o planeta. A unica coisa que não podemos fazer é assistir todos esses desastres pela TV e não tomar nenhuma providência.

Nathália R.S. Souza - 1º termo A - Publicidade e Propaganda -UNIESP

Andreia disse...

..Percebemos que os efeitos e atitudes drasticas do ser humano , acabou afetando a natureza,,,com enchentes , terremotos e muitas coisas que andam acontecendo..Então devido a isso tem muita gente q fala q Deus nao é brasileiro ..mais falam que por saber que eles mesmo são culpados..por reaçoes e atidudes que o homens anda tendo e fazendo.


Andreia Borges Collete,r.a 1011575
uniesp. comunicação social 1termo

Joao Brandi disse...

Joao L. Brandi - 1 termo Comunicaçao Social - UNIESP

Realmente, a culpa nao é da natureza, mas sim dos seres humanos, mas principalmente dos governantes que usam o nosso dinheiro para benefício proprio, e deixam de prestar atençao nos rios poluidos, nas contruçoes irreguares em encostas,no desmatamento, na destruiçao da bidoversidade de nossas florestas, da fauna e da ocupaçao desordenada que aqui no Brasil é a principal causa de mortes em relaçao a desastres naturais.
o que falta para o brasileiro é concientizaçao nao apenas para os politicos mas também a sociedade que esta mal acostumada, na verdade é falta de educaçao. é de nossa inteira responsabilidade d obrigaçao cuidar da natureza e do meio em que vivemos, nao apenas para nós, e sim as geraçoes futuras, pois se estamos sofrendo com a natureza hoje, foi por causa de erros de nossos pais, avos, geraçoes passadas que mesmo sem saber, ou pensar nas consequencias, acabaram prejdicando a nós. por isso, devemos nos preocupar com nós mesmos e com nossos filhos, netos. Vamos acordar, pois se Deus é brasileiro eu nao sei, mas sei que nosso país é maravilhoso. nao vamos destruí-lo.

Mickena uniesp presidente prudente disse...

creio que o homem tem colaborado com boa parte da destruição do planeta, com isso desastres acontecem. creio tbm que algumas regiões são propicias aos desastres naturais, mas Deus não tem nada a ver com isso, é muito fácil jogar tudo nas costas de Deus e nos isentarmos da culpa.

PeJóta disse...

Paulo Jr. 1º Termo - Comunicação Social UNIESP

Podemos perceber que nada, além da verdade, foi dita pelo autor que com a frase "O máximo que pode acontecer é ela devolver as agressões que recebe dos seres "racionais" que povoam o planeta!", da o desfecho fantástico para tal assunto.
Como seres humanos ou "racionais" (estou começando a duvidar disto), devíamos assumir toda e qualquer responsabilidade para nós e parar de ficar colocando a culpa em Deus ou na natureza fazendo a seguinte pergunta, o que os donos de fábricas estão fazendo para não afetar a camada de ozônio com os gases emitidos por sua empresa? ou então, o que os prefeitos, arquitetos, engenheiros estão fazendo para tentar resolver este problema que nós mesmos criamos? ou seja adquirimos tal conhecimento para usar contra nós mesmos, para resolver problemas que nós mesmos criamos.
Devemos concluir que Deus é onipresente ou seja, está em todos os lugares, sendo brasileiro ou não, devíamos tomar logo o conhecimento que nós somos brasileiros e não queremos a destruição invadindo cada vez mais nosso país.

Thamires Bruna disse...

O texto deixa bem claro, que os seres racionais são os culpados do que acontece no planeta. Não precisa nem de perguntar, e outra se Deus é brasileiro ou estrangeiros eu não sei... mais ele não tem nada ver com isso. E nem a natureza, ela só age com agressão dos seres humanos. O homem fica criticando e colocando culpa em Deus. Agora, galera se liga...o mundo esta se acabando.

Ronaldo Nascimento disse...

Ronaldo P. Nascimento
RA 092.01.471 - 1º - Jornalismo

O mundo está em ruínas, e o homem continua culpando a natureza e usando o nome de Deus em vão. Como podemos dizer que Deus é Brasileiro, se ele rege este mundo e tudo que nele há. Deus é universal e ele não é o culpado do problema do nosso planeta, o maior culpado é o homem, que ao invés de fazer com que tenhamos mais qualidade de vida para os nosso filhos, ele (o homem) está destruindo cada vez mais o resta aqui no planeta água. Nós estamos exatamente vivendo um momento importante politicamente, não porque tenhamos os melhores políticos atuando neste país, mas porque este ano é ano de eleição. Justamente este ano todos nós na condição de cidadão, deveríamos fazer valer o nosso poder de voto e eleger pessoas que estão preocupadas com esta questão do nosso planeta, isso só para começar! Se todos se conscientizassem de tudo que vemos e que acontece com a terra, já seria meio caminho andado. Pense nisso você tambem!

João Vitor disse...

João Vitor Barbosa
1º Termo de Comunicação Social - UNIESP
RA: 01011912

"Uma certa época gozavamos que 'Deus era brasileiro', porém acho que esse conceito foi forte demais para as pessoas. Achando que por Deus ser brasileiro poderíamos explorar que não haveria nenhuma consequência nisso.
Pois bem, agora o brasileiro lá em cima resolveu realmente se mudar, mais acho que não foi pra outro país não. Concerteza que foi para outro planeta, pois a raça humana não tem a capacidade de ser suficientemente racional para cuidar da natureza.
Não damos valor quando temos muito, e agora somos obrigados a receber de volta tudo aquilo que fizemos.
Podemos chamar até de raça inútil, vulgarizados pela força da natureza.
Resumindo, somos meros humanos contra uma vasta força natural".

Caroline Carvalho 1° Termo de comunicação social disse...

Eu que acho que nos dias de hoje a natureza so esta reagindo conforme ela tem que reagir, porque como diz o ditado "cada ação tem uma Reação" ó homem contribuiu pra que isso acontecesse,e é o que ta acontecendo, esses desastres é porque a ação do homem fez com que a natureza reagise assim, e Deus é Brasileiro ? Deus é de todos os povos, Deus é um e unico ele não tem culpa se o homem não sabe aproveitar as maravilhas que ele nos proporcina.

Caroline Carvalho - 1° Termo de Comunicação Social - Jornalismo - RA 01012149 disse...

Caroline Carvalho 1° Termo de comunicação social disse...
Eu que acho que nos dias de hoje a natureza so esta reagindo conforme ela tem que reagir, porque como diz o ditado "cada ação tem uma Reação" ó homem contribuiu pra que isso acontecesse,e é o que ta acontecendo, esses desastres é porque a ação do homem fez com que a natureza reagise assim, e Deus é Brasileiro ? Deus é de todos os povos, Deus é um e unico ele não tem culpa se o homem não sabe aproveitar as maravilhas que ele nos proporciona.

Alexsandro disse...

Deus é mesmo brasileiro? A questão neste caso seria se o brasileiro é mesmo brasileiro? Cômico não é? Não, na verdade é vergonhoso. Catástrofes são cada vez mais freqüentes, e a culpa é de Deus? É óbvio que não. Vejamos ao nosso redor as atitudes impensadas dos seres humanos, isso se podemos classificar estes seres como humanos. São atitudes totalmente desumanas, como pode alguém desmatar uma floresta sabendo o que isso irá causar? Poluições de rios, riachos e mares são constantes e a resposta da natureza está sendo cada vez mais imediata. O que mais preocupa a sociedade “humana” é que os causadores destes acontecimentos não estão dando a mínima atenção para as conseqüências. O que será que passa na mente de seres assim? E o que esperam do futuro? São seus próprios filhos que irão parar o maior preço. Em uma carta escrita no ano de 2070, o sobrevivente a essa trajetória até lá, relata que a água é mais cara que o ouro, que já não pode se banhar mais, que a comida é em cápsula, que as roupas são descartáveis, que as cabeças são obrigatoriamente raspadas, que a guerra não é mais por conquista de territórios e sim pela sobrevivência. Para os praticantes das atitudes desumanas mencionadas acima, isso talvez não passe de hipocrisias. Talvez pensassem assim até algum tempo atrás, mas hoje não são mais previsões e sim fatos reais.

Anônimo disse...

Deus é brasileiro, poxa vida, Deus nau tem é Deus, de tudo e de todos, porem essa frase realmente alimenta até mesmo esperança naqueles que ve de fora as nossas belezas naturais, um povo feliz alegre, porem a midia muito das vezes esconde o que realmente acontece em nosso pais, tudo bem que em alguns paises vemos, guerras, em outro terremotos, em outro, fome, porem é de fato graves problemas, e ai vemos, o carnaval, festa, fulia, mais por traz de tudo isso, primeiramente logo traz em minha mente sabe professor, a pulítica de verdadeiros malandros, fome, falta de informação para massa, poxa guerra, o que definimos sobre qguerra, "a sim basulcas, miseos etc..., mais me fala como chamar os confrontos entre a policia com os cheves de trafico dos morros, e favelas, vou falar até bem assim mais localizado, em presidente prudente, legal, fazer praças, lindas, como aquela pracinha luminosa do lado do pruden shopping, mais me fala cade a infra estrutura daquela familia que mora no final da rua Degail Palmas Dias no Jardim Sumaré Zona leste da cidade, ou na Zona norte, colocam todos os que nau tinham nada para morar em um mesmo bairro que até leva o nome de morada do sol, e ai vimos, lá morada de gente deficiente, de gente que passa fome, de gente mal informada, que quando chega a campanha politica, vence quem da mais cestas basicas, poxa e até sai ai um Filme Deus é Brasileiro, Deus é de todos, ,,, a mas e os acontecimentos naturais, poxa será que realmente é naturais, quando cai uma casa ou alaga uma casa em bairro periférico de prudente, ai falamos poxa olha a força da chuva o que fez... é né me diga olha a força do executivo para mudar e dar um lugar melhor para as familias, professor é assim que vejo... podemos até caracterizar que Deus é brasileiro, mais isso é visão de olhos cegos, pois na russia concerteza alguem ja disse que Deus é Russo, , Americano, Japones., e só pra finalizar, tudo é concequencia do ser Humano.

Wéllington de Oliveira 1° termo A Comunicação Social Uniesp- Publicidade e Propaganda.

Anônimo disse...

ALECIO DE JESUS OLIANI RA 010123
primeiro termo jornalismo uniesp


Deus, não é brasileiro nem alemão,nem japonese assim po diante.
Com o consumismo desenfreado de e o crecimento da populaçao, a naturza vem sendo agredida no decorrer dos anos e o nosso planeta esta entrando em colapso.Ai é muito facil culpar a natureza,que sem piedade cobre casas,alaga cidades inteiras,ventos fortes que arrastam tudo que esta no seu caminho.No entanto a culpa por isso acontecer é da propria sociedade,que ceresce sem controle e planejamento e sem respeitar a natureza,ja dizia o ditado "toda açaõ tem uma reação"

Bia disse...

As chamadas catástrofes da natureza têm aumentado com intensidade nos últimos anos. Porém as pessoas parecem apáticas e indiferentes a este problema mundial, como se estivessem acostumadas a sofrer. O Brasil que até então era visto como um país protegido por Deus por não haver catástrofes tais como terremotos, furações e tsunamis , hoje vive um grande desequilíbrio, com chuvas que causam desmoronamentos de encostas,alagamentos e o mais triste mortes, dando o exemplo do Estado de Santa Catarina que recentemente sofreu com chuvas intensas que deixaram quase 80 mil desabrigados e centenas de mortes. Muitos acreditam que tais acontecimentos são devido a “Fúria da natureza” como se ela estivesse nos castigando por nossos erros, porém um artigo da revista Veja edição 2156 da escritora Lya Luft me fez refletir sobre a relação homem x natureza. “A natureza não mata apenas com enchentes, deslizamentos, terremotos e tsunamis. Mata também pelas mãos do homem o que é mais preocupante.” Realmente o ser humano tem grande parcela de culpa, pois somos considerados seres racionais mais na maioria do tempo agimos como animais irracionais, acreditando sermos superiores a tal “mãe natureza”, esquecendo que dependemos dela para sobrevivermos. Estes desastres naturais são de ação antrópica e irão continuar ocorrendo caso o ser humano não se conscientize que estão degradando o ecossistema, já que não é possível evitar chuvas o nosso poder público deverá se preocupar-se em construir sistemas de escoamento eficientes nas cidades, evitar a ocupação habitacional desordenada de áreas de risco. Tudo depende de esforços.

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG

POSTAGENS POPULARES


contador