Pesquisa no Blog

segunda-feira, 19 de julho de 2010

INTERCÂMBIO CULTURAL / EDUCACIONAL


Por Pedro Granato Neto - Jornalista

Quem nunca pensou em morar fora do país um dia, ou mesmo estudar no exterior? Aprender um outro idioma é apenas uma das muitas possiblidades de se morar um tempo fora do seu país, cursos profissionalizantes ou pós- graduação são opções possíveis de intercâmbio. Mas nada disso se compara à inigualável experiência de vida, que só este tipo de viagem oferece.
Intercâmbio de culturas, costumes, de idiomas, de amizades. Um patrimônio único para toda a vida.
Para você ter a oportunidade de realizar o intercâmbio uma alternativa é procurar o Rotary Clube de sua cidade. O Rotary Clube faz parte uma instituição internacional, o Rotary Internacional, que dispõe de programas  humanitários e educacionais, que há vários anos faz o intercãmbio em mais de 160 países, a instituição é uma das principais organizações não-governamentais sem fins lucrativos do mundo, e proporciona chances no exterior para jovens, estudantes, pessoas em início de carreira, pesquisadores, além de disponibilizar bolsas de pós- graduação.
Um dos programas mais atuantes do Rotary, é o Intercâmbio Internacional de Jovens.Por ano são realizados aproximadamente 9 mil intercâmbios. O objetivo é diminuir as distâncias entre as nações, derrubar o preconceito, aprender uma nova cultura, apresentar um mundo sem fronteiras, propagar a paz e a compreensão mundial. Participam deste programa jovens entre 14 e 18 anos. São dois tipos de intercãmbio nesta faixa etária: o intercâmbio de longa duração, 11 meses e o de curta de duração de 6 a 7 semanas.
Atualmente o Distrito 4510 que abrange Bauru e região, Marília e região, Assis e região, Prudedente e região, cidades da Nova Alta Paulista e Pontal do Paranapanema realizam 48 intercâmbios de jovens com outros países: Alemanha, Austrália, Canadá, Dinamarca, França, Holanda, Hungria, Japão, México, Tailândia, Taiwan, Turquia e  Estados Unidos.
Por outro lado estas cidades estão recebendo mais de 40 jovens destes países. O cômite do Programa tem entre 2 à 3 bolsas educacionais. Esta bolsa educacional é destinada, também em processo de avaliação a jovens que não possuem condições de pagarem o intercâmbio e,que estudam em escola pública, o jovem quando aprovado tem o seu intercâmbio custeado integralmente pelo Cômite do Intercâmbio. Normalmente essa bolsa educacional é disponibilizada para os Estados Unidos.
Para participar do intercâmbio é necessário que o jovem procure um Rotary Clube e fazer a inscrição, o candidato passa por uma seleção, treinamento, orientação e por fim por uma avaliação. O jovem escolhe o país conforme a sua classificação.
O rotariano Gesner Dias Júnior (foto), 44, é coordenador Outbound (conselheiro para os jovens que estão fora do Brasil) segundo o coordenador do programa a vida dos jovens, após essa experiência nunca mais será a mesma, pois é um momento marcante na vida de cada jovem, se aprende a adaptar-se em outro país, uma nova língua, uma nova cultura, é um desafio muito difícil para esses jovens porque estão num país totalmente diferente da cultura, educação, da comida, segundo ainda Gesner Dias, os pais arcam com os gastos de: passagem aérea de ida e volta para o país anfitrião, seguro de saúde e seguro de acidente pelo clube e distrito anfitrião, todos os documentos de viagem, tais como passaporte e visto de entrada, roupas e dinheiro para despesas extras.
Postar um comentário

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG