Pesquisa no Blog

quinta-feira, 10 de março de 2011

O AFASTAMENTO DA FILOSOFIA DAS ESCOLAS NO PERÍODO DA DITADURA MILITAR



Este post é um resumo do texto "Filosofia e segurança nacional: o afastamento da filosofia do currículo do ensino médio no contexto do regime civil-militar pós 1964" (Renê José Trentin Silveira) - elaborado pelo aluno de Direito Elianderson Muniz.


 Afastada e abolida no período de 1971, do ensino médio (então denominado ensino do 2ºgrau),  através de reforma executada pela lei 5.692/71, influenciada pelo DSND (Doutrina de Segurança Nacional e Desenvolvimento) fundamental suporte ideológico do regime civil-militar instalado no Brasil em 1964, a Filosofia ou ensino filosófico torna-se portanto bloqueado para o currículo de ensino médio de tal época. Este órgão teve total influencia sob o ensino brasileiro no regime civil-militar pós 1964.        

DA DOUTRINA DE SEGURANÇA NACIONAL E DESENVOLVIMENTO

A DSND, era um embasamento de que segurança interna e desenvolvimento econômico de um país são indissociáveis,  reflexo do binômio lançado por Castello Branco em discurso ocorrido na abertura do ano letivo da Escola Superior de Guerra (ESG), expressava-se em “segurança e desenvolvimento”, lema que foi adotado pelos governos militares que o sucederam. Em suma a importância maior da DSND, era a...         Continue lendo este texto

Elianderson Muniz é aluno do 4º termo do curso de Direito da FAPEPE / UNIESP. Seu texto é resultado de discussões da disciplina de Filosofia do Direito.
Postar um comentário

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG