Pesquisa no Blog

terça-feira, 1 de março de 2011

O ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA É DEBATIDO EM ANÁLISE CRÍTICA

 Curso promove a cultura cinematográfica e o debate sobre relações sociais
Por Flávia Arenales


Promover a cultura cinematográfica e ensinar como é possível fazer uma análise de filmes que saia do campo do senso comum é um dos objetivos do curso: Métodos para análise crítica de cinema: o olhar de Fernando Meirelles sobre a obra de José Saramago – “O Ensaio sobre a cegueira”.
Alunos na oficina de análise
de crítica jornalística
Promovido pelo curso de Comunicação Social e ministrado pelo docente Julio César Gonçalves, a análise está dividida em três partes: Técnicas de redação crítica (a resenha jornalística); método de análise cinematográfica e oficina de análise de críticas jornalísticas.
De acordo com o docente, o filme Ensaio sobre a cegueira propõe uma discussão sobre as relações sociais no mundo de hoje, onde imperam os desejos pessoais, o consumo exacerbado e, acima de tudo, um esfriamento no cuidado com o outro. “Trata-se de questões éticas porque o autor nos leva a pensar: O que aconteceria se todos ficassem cegos?. A proposta do autor leva-nos a enxergar que somente quando estamos cegos para nossas viadades e vontades próprias é que podemos visualizar os outros em sua essência”.
Gonçalves comenta que, escolheu este filme para ser debatido devido a alguns motivos. “Gostei muito da discussão proposta pela película e a dinâmica de gravação e produção do diretor Fernando Meirelles é espetacular. Além disso, o escritor José Saramago morreu recentemente, em 18 de junho de 2010, é uma forma de homenageá-lo”.
A primeira parte do curso aconteceu em 26 de fevereiro, das 13h30 às 17h30. Os alunos que se interessarem podem se inscrever para a segunda parte, que será promovida em 12 de março. “Falaremos especificamente do método de análise do filme”, explica.
O único pré-requisito para participar do curso é ter assistido ao filme. O valor da inscrição é R$ 15,00, com certificado de 12 horas. O material em slides, utilizado pelo professor encontra-se digitalizado e pode ser acessado por meio deste link. MATERIAL

Flávia Arenales é formada em Comunicação Social com habilitação para Jornalismo. É professora nas cadeiras de Jornalismo especializado, Assessoria de imprensa e Agência de notícias. Atua como assessora de imprensa da FAPEPE/UNIESP no campus de Presidente Prudente









Postar um comentário

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG