Pesquisa no Blog

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

SOLITÁRIO E SOLIDÁRIO


Meus caros...
No link abaixo vocês poderão encontrar um belíssimo artigo sobre a solidão e a necessidade de ser coletivo que faz parte da natureza do homem. O presente artigo, intitulado SOLITÁRIO E SOLIDÁRIO, de autoria do amigo Fernando Batistuzo, tratará, justamente deste antagonismo (posição defendida pelo autor), isto é, a impossibilidade de ser solidário quando se é solitário. 




Leia o resumo do artigo:



Expressão comum, utilizada e ouvida desde os primeiros anos da graduação, sobretudo em Filosofia e Sociologia do Direito, é a de ser o homem um “ser gregário”.por natureza, ou seja, que não vive só.
Por detrás da referida expressão, que comumente é desacompanhada de maiores e aprofundadas explanações, situa-se o fenômeno do inter-relacionamento humano, ocorrente pelas mais diversas razões, as quais levam o ser humano a deixar sua individualidade para tornar-se um ser social, um ser gregário.
Apoiado em dois artigos com pautas diversas, o presente trabalho propõe-se brevemente a uni-los, intentando demonstrar até mesmo que o objeto de estudo em um deles é condição para a existência do objeto do outro.
Assim, tentar-se-á demonstrar que o ser solitário não pode – e aqui já se destaca - pelo menos ativamente, ser solidário.

Abraços a todos e boa leitura!



FERNANDO BATISTUZO é graduado em Direito pela Instituição Toledo de Ensino - ITE, Especialista em Direito Civil e em Direito Processual Civil e Mestrando em Direito Constitucional pela mesma instituição. É professor de Direito do Trabalho na Toledo de Presidente Prudente(SP); de Direito Constitucional e Direito Processual Civil na UNIESP de Presidente Epitácio(SP); Professor em Cursos Preparatórios para Concursos Públicos; Advogado.








Postar um comentário

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG