Pesquisa no Blog

sábado, 23 de novembro de 2013

SUTILEZAS EM BRANCO E PRETO


É incrível como, apesar de estarmos no século XXI, ainda temos que lidar com problemas de séculos passados!
Estou falando de atitudes e estereótipos preconceituosos (vale aqui a redundância) como o racismo. Estava eu preparando uma aula de sociologia para meus alunos do colégio – a respeito da alteridade – quando encontrei em meus velhos arquivos algumas folhas amareladas de uma velha revista (possivelmente "cedidas" numa dessas longas esperas em visita ao médico ou dentista...). Tratava-se de uma reportagem cuja manchete era: “POR QUE OS HERÓIS NUNCA SÃO NEGROS?”
Lembro-me de ter lido tal reportagem, mas resolvi lê-la novamente na íntegra (também encontrei-a na internet – link abaixo). A reportagem fala da dificuldade que as crianças negras encontram na formação de sua personalidade, justamente pela falta de ter um herói também negro, no qual se espelhar. Na reportagem a pedagoga e professora de Educação Infantil em Brasília explica que "lendas, contos da carochinha e mitologias ajudam as crianças a construir sua identidade. Num processo de transferência, os pequenos se colocam no lugar dos heróis e vivenciam as sensações dos personagens" e a questão que mais me chamou a atenção para escrever este relato, colocada pelo autor da reportagem era:
Então imagine o que significa ser despertado para o prazer da leitura sem ver sua raça representada de forma positiva nas páginas dos livro.
É degradante chegarmos a este ponto...
 
Vejam a matéria completa (clique aqui)
Postar um comentário

DIRETO AO ASSUNTO - TEMAS DO BLOG